Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cinematologia

Repositorium de todos os filmes que vi

Cinematologia

2007-Elizabeth: The Golden Age by Shekhar Kapur

Resultado de imagem para elizabeth the golden age movie poster

Ciclo de Cinema|Óscares 2008

Nominee Best Actress in a Leading Role - Cate Blanchett

Winner Best Costume Design

Sinopse

Depois do sucesso de "Elizabeth", Cate Blanchett regressa no papel da implacável "Rainha Virgem" que sobe ao trono depois da morte da irmã. A meio do seu reinado, a rainha terá de enfrentar o poder da religião e a traição. O rei de Espanha está determinado a desafiar o seu poder com o objectivo de restabelecer o catolicismo em Inglaterra e Elizabeth prepara-se para a guerra. Mas ao mesmo tempo tem de equilibrar os seus deveres reais com uma paixão proibida, sir Walter Raleigh (Clive Owen). Além disso, depressa se apercebe que os seus inimigos não residem apenas no exterior. Internamente, a rainha terá de lidar com as tentativas de traição das pessoas que lhe estão mais próximas.

cinecartaz.publico.pt 

 

Crítica:

Está aprovado, Cate Blanchet conseguiu cumprir mais uma excelente interpretação, naquela que poderá contar como a sua 4º nomeação para o Óscar, se caso não for neste filme, bem pode ser no esperado I’m Not There (a biografia de Bob Dylan), contando já com frases marcantes como “I, too, can command the wind, sir! I have a hurricane in me that will strip Spain bare if you dare to try me!” dita com emoção que só a australiana actriz consegue prestar.

Hugo Gomes-cinematograficamentefalando.blogs.sapo.pt

 

Cinemantário: A imagética do filme é hipnótica e fascinante. A luz, as cores, tudo cai de modo perfeito com a interpretação de Cate Blanchett.

 

Fear creates fear.

 

-I confine myself to the possible.

-I find the impossible far more interesting.

 

I have a secret, my dear. I pretend there's a pane of glass between me and them. They can see me, but they cannot touch me.

 

I have given England my life. Must she also have my soul?

 

When the storm breaks, each man acts in accordance with his own nature.