Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cinematologia

Repositorium de todos os filmes que vi

Cinematologia

2006-The Departed by Martin Scorsese

Resultado de imagem para the departed movie posterCiclo de Cinema| Óscares 2007

Winner Best Picture\ Best Directing\ Best Writing (Adapted Screenplay)\ Best Film Editing

Nominee Best Art Actor in a Supporting Role - Mark Wahlberg

 

Sinopse:

Martin Scorsese regressa com "The Departed", remake norte-americano do primeiro filme da trilogia de Hong Kong "Infernal Affairs", trilogia de culto sobre infiltrados. Um agente da polícia infiltra-se num grupo criminoso, ao mesmo tempo que um membro de um gang consegue infiltrar-se na polícia e informa o grupo de cada movimento dos agentes para capturar os criminosos. Leonardo Di Caprio, Mark Wahlberg e Jack Nicholson dão corpo às principais personagens.

cinecartaz.publico.pt

 

Crítica:

Como quem diz, os criminosos somos nós todos - ninguém é inocente, ninguém é puro (no que se prolonga o retorno às origens brutais e primitivas da civilização americana em "Gangs de Nova Iorque"). Se a redenção sempre foi um dos pontos-chave do cinema de Scorsese, a verdade é que ela é cada vez mais um horizonte inalcançável.

Essa necessidade de redenção corre par a par com a questão da filiação que é também recorrente no cinema de Scorsese, cheio de heróis "órfãos" que procuram a aceitação de uma figura paternal, e com a exploração dos universos "tribais" (mais do que "étnicos") e dos seus códigos particulares, aqui polícias e ladrões separados pela "linha da fronteira" de uma legalidade que já pouco ou nada representa.

É, aliás, aí que "Entre Inimigos" demonstra o virtuosismo formal de um cineasta verdadeiramente no pico do seu talento: ao "desdobrar" essa síntese e essa exploração de temas num autêntico "jogo de espelhos" que faz dos dois "heróis" (à falta de melhor palavra) interpretados por Di Caprio e Matt Damon reversos de uma mesma medalha, pólos opostos, extremos que se tocam, Bem e Mal indissociáveis e inseparáveis. Ou, mais ainda, como transformar uma simples encomenda num filme com toda a alma do seu autor.

Jorge Mourinha-www.publico.pt

 

Cinemantário: Que filme excepcional. Adorei!